Linux na veia, desde 1997

Sempre encontro algum artigo legal que escrevi em alguma época. O que acho interessante é que muitas das vezes esses artigos ainda são atuais, ou até serão atuais daqui a alguns anos, como por exemplo minha breve explanação sobre IPV6. Por isso, vou colocar aqui alguns links que acredito ser leituras interessantes, para que eu mesmo possa matar a saudade. E vou atualizando sempre. ;-)

Uma estratégia de backup a partir de imagens de CD auto-instaláveis
Essa foi matadora. Havia pouco que estava na Uranet (a empresa que mais marcou em minha vida profissional) e tive o primeiro grande desafio, que foi a precursão de minhas empreitadas em backup, robôs de rede e sistema de backup.
link

Tem também artigos que não escrevi, mas são sobre algo que fiz. Esses são os que me deixam mais feliz quando procuro algo que fiz:

Clonagem de HDs com o PHANTOM & UDPCAST

Mas tem também aquilo que me envergonho de encontrar. Mas assumo – fiz, não faço mais:

Jogo da velha em C

O mais difícil é ter a oportunidade de dar dicas para norte-americanos, pelo meu inglês ruim e pela ocasião. Algumas vezes o fiz:

Remoting over ssh

Em 2004 decidi escrever algo sobre o partimage, software pelo qual tenho muita simpatia e o utilizo como engine principal no Phantom:

Gerando Imagem de disco em servidor Windows usando partimage

Alguns blogs referenciam o Phantom. Confesso que encontrar esse tipo de informação me motiva a melhorar o sistema, porque não há retorno financeiro direto; aliás, só há custos no desenvolvimento do sistema e tenho certeza que a grande maioria dos usuários nem imaginam o quanto. Enfim, uma parte da recompensa:

Phantom 1.0 QTE – Clonagem de discos, agora com Qt Embedded

Houve uma época que pensei que o projeto chegaria ao fim. Faltava o básico – hospedagem. Mas a comunidade tem oferecido espelhos desde que solicitei ajuda até os dias de hoje. Um apoio importante veio do Tuto Livre, que inclusive havia feito uma divulgação do sistema (primeiro link com acento relacionado ao Phantom):

Phantom System o ‘Ghost brasileiro’ para clonagem e becape de sistemas

Sites relacionados diretamente a software livre também referenciam o Phantom. Quando vi esse link pela primeira vez fiquei muito feliz:

Envio de comando a múltiplos servidores por ssh sem troca de chaves

Tem também as referências no exterior, inclusive em Taiwan. A versão 0.6.4.4 me lembro até hoje que foi umas das mais estáveis para a época:

Phantom Imaging and Backup System 0644

Hay también algunos sitios y fóruns que hablan de Phantom en latino-america. Uno de ellos és Sgo-Gral:

Phantom Live CD

Existem milhares em bilhões de linguagens, mas escrevi um validador de CPF em python:

Validador de CPF

Essa foi uma das mais satisfatórias notícias sobre o Phantom no Brasil:

Phantom System o “ghost brasileiro” para clonagem e becape de sistemas

Uma grande parte do que fiz desde 1997 obviamente não está relacionado ao Phantom, mesmo sendo notícia atual:

Virtualização de firewall com Xen
. Na verdade se trata de para-virtualização, mas não vou entrar em detalhes sobre as diferenças entre virtualização e para-virtualização; os detalhes estão devidamente descritos no tutorial.

A mais atual notícia é a da palestra do Phantom em Salto-SP. existe um motivo intrínsico pela escolha de Salto para palestrar na FLISOL. Nada comprometedor, mas também prefiro não revelar o motivo:

Phantom no FLISOL 2011

Em 14 de Maio de 2006 fiz o primeiro anúncio do Phantom, acreditando no futuro do sistema, que acabou sendo usado em mais de 50 países, com mais de 21.000 downloads, por técnicos, profissionais de informática ou usuários que simplesmente queriam fazer cópias de seus sistemas:

Phantom – alternativa livre ao Symantec Ghost

Lembra que falei anteriormente de passar vegonha com artigos? Esse link meu próprio chefe faz questão de acessar pra mantê-lo nas pesquisas do google (reforçando que não cometo mais esse tipo de atrocidade):

Jogo da velha em C purinho

Acho muito legal quando um usuário expert recomenda o Phantom entre as várias opções livres que temos:

Criar clone de HD automático

Outubro de 2001 já não era um parto trabalhar com teclado ABNT2, mas ainda naquela época o código de página era uma coisa meio desconhecida aos usuários. Atualmente o UTF-8 é o padrão, mas na migração de ISO-8859-1 para UTF-8 gerou problemas em servidores, quando as distribuições Linux a adotaram como novo padrão:

Teclado ABNT-2

O Resulinux fez uma boa referência sobre o Phantom também:
Phantom CD

Dicas-L em 22 de Abril de 2008:

PhantomSystem – Clonagem de HD

Um dos links do Fórum Internacional do Software Livre, de 2008 (FISL7), onde palestrei junto ao Marcelo Barros sobre o Phantom:

Salvamento e restauração de imagens com PhantomSystem

Houve uma época que eu encontrava mais de 14.000 referências ao meu nome, mas isso é quando eu escrevia muitos artigos sobre Linux. Inclusive a telefônica publicou em seu site na Espanha um artigo meu sobre configuração de redes domésticas com ADSL. Lembro que esse artigo foi publicado também na VelocidadeJusta e outro site que não me recordo o nome agora. Esse artigo ficou conhecido porque a telefônica dizia na época que linux não suportava ADSL, sendo que basicamente era necessário utilizar DHCP na interface.

Republicações foram feitas, como esta:

Redes domésticas e ADSL com Linux>

Sobre IPV6:

Mandrake 10.1

Bom, acabei de tomar a 1/2 garrafa de Merlot que estava aqui. Assim que escolher a próxima bebida, volto a relacionar artigos e corrijo os links quebrados.

[ATUALIZANDO]

Um site que contém muitas dicas sobre linux é o do Zago, que inclui algumas centenas dos emails que escrevi na saudosa Linux-br.

Quando a Corel estava fazendo uma versão do Corel Draw rodar em Linux (em cima de Wine) tive a oportunidade de testá-lo e escrever um artigo que foi publicado na br-linux.org, outrora Linux in Brazil (e outrora linux.trix.net, mas poucos devem lembrar disso):

Corel Draw for Linux

Esse tipo de artigo tem de cacho, mas é um artigo que ajuda até hoje:

Exemplo de configuração de um PDC Samba com quotas de disco

Senti como se tivesse ganhado um prêmio quando dois de meus artigos entraram na Seleta dos mais lidos da br-linux em 2006:

Seleta 2006: Como criar uma imagem de HD para cópia, backup e restauração

A primeira versão do Phantom com novo sistema base foi anunciada em Julho de 2006. Na época havia uma pessoa que hospedou o sistema, mas os downloads eram tantos que quase estourou o limite de banda mensal dele. Na época o site era o nasheer.net e o artigo que falava do Phantom com 7.2MB (interface em dialog) é esse:

Phantom LiveCD – Clonagem de sistemas

Tem links estranhos também (download do Phantom ou do Chrome?):

phantomlivecd

Antigamente saiam muitas versões, até mais de 1 por dia. Eu realmente não lembrava da versão 0.1.7:

Fórum Darkers

Nesse ano o Phantom completou 5 anos. O maior presente quem ganhou foi o sistema nesse artigo que Augusto Carlos Campos escreveu na IBM Developer Works:
Clonagem de HD: 5 anos do Phantom

Atualmente o sistema já ultrapassou a marca dos 30.000 downloads.

Comments

comments

Djames Suhanko

Djames Suhanko é Perito Forense Digital. Já atuou com deployer em sistemas de missão critica em diversos países pelo mundão. Programador Shell, Python, C, C++ e Qt, tendo contato com embarcados ( ora profissionalmente, ora por lazer ) desde 2009.

Deixe uma resposta