Desabilitar touch pad no Linux e alguns comandos auxiliares

Por quê repentinamente e tão fora de contexto? Bem, porque você pode ser maker master, mas não deixa de usar um computador X86, por mais que viva de ARM, MIPS, Tensilica ou MCUs. E se for um notebook, 90% (no chute) de certeza que você usa mouse, porque o touch pad é castigo pra estagiário. E quando você está usando o mouse ou digitando e o polegar toca o touch pad? Lá se vai seu texto e sua paciência. Por isso, decidi compartilhar com vocês uma solução simples pra desabilitar temporariamente o touch pad do notebook.

Desabilitar o touch pad





Se você não tiver instalado, instale o programa “xinput”

Depois de instalado, como usuário comum abra um console (um terminal etc) e digite:

O que deve resultar em algo como:

xinput --list
xinput –list

Ness lista que aparece, o meu touch pad aparece com ID 15 e ID 13. Eu desabilitei utilizando o ID 13 da seguinte maneira:

Imediatamente após o comando, seu touch pad estará desabilitado. Mas use o ID correspondente, 13 foi o meu caso. E se quiser voltar o touch pad, utilize o mesmo comando substituindo apenas o final “0” por “1”.

Matar janela gráfica

bom, eu não poderia escrever um artigo com uma única dica simples como essa, não é mesmo? O artigo ficaria muito curto, apesar da dica ser muito útil. Mas pra encher um pouco mais de linguiça, tem uma outra situação que ocorre ocasionalmente e vou dispor aqui. Mas primeiro deixe-me citar outra coisa; eu SEMPRE, SEMPRE, SEMPRE mantenho terminais abertos. Sempre. Nada é mais rápido do que digitar comandos, é muito mais objetivo e enquanto você usa toda a mão para movimentar um ponteiro de mouse, com 10 dedos eu renomeio milhares de imagens em alguns poucos segundos.

Esse título de matar janela gráfica tem duas condições úteis. Uma é quando o chrome já consumiu todos os recursos de sua máquina, ou qualquer programa que você abriu travou e a janela não fecha.




Vá ao terminal e digite:

Depois basta clicar sobre a respectiva janela e voi-lá! Adeus janela zumbi.

Abrir arquivo mesmo sem saber qual o programa que o faz

E já que estamos falando de praticidades oferecidas pelo console, sabe quando você tem um arquivo e não lembra qual o programa que o abre? No console você pode digitar:

Automaticamente será encontrada a associação e a janela gráfica se abrirá com seu arquivo.

Fork bomb

Nunca digite isso no console:

Inscreva-se no nosso newsletter, alí em cima à direita e receba novos posts por email.

Siga-nos no Do bit Ao Byte no Facebook.

Prefere twitter? @DobitAoByte.

Inscreva-se no nosso canal Do bit Ao Byte Brasil no YouTube.

Nossos grupos:

Arduino BR – https://www.facebook.com/groups/microcontroladorarduinobr/
Raspberry Pi BR – https://www.facebook.com/groups/raspberrybr/
Orange Pi BR – https://www.facebook.com/groups/OrangePiBR/
Odroid BR – https://www.facebook.com/groups/odroidBR/
Sistemas Embarcados BR – https://www.facebook.com/groups/SistemasEmbarcadosBR/
MIPS BR – https://www.facebook.com/groups/MIPSBR/
Do Bit ao Byte – https://www.facebook.com/groups/dobitaobyte/

Próximo post a caminho!

Comments

comments

Djames Suhanko

Djames Suhanko é Perito Forense Digital. Já atuou com deployer em sistemas de missão critica em diversos países pelo mundão. Programador Shell, Python, C, C++ e Qt, tendo contato com embarcados ( ora profissionalmente, ora por lazer ) desde 2009.